Financiamento de moto com juros baixos: veja como financiar sua moto

--*--

Quando o assunto é ter a própria motocicleta a conversa começa a ficar séria.  Principalmente quando falta dinheiro para fechar negócio. Por conta dessa dificuldade que o financiamento se tornou uma opção viável, pois garante 100% do valor para a compra do veículo.

Vale ressaltar que o financiamento tem seus prós e contras, suas vantagens e desvantagens. Por isso que resolvemos criar esse artigo para te ajudar a financiar sua moto pelo menor preço.

Qual o meio correto para financiar a moto?

Antes de visitar o banco ou instituição que oferece o serviço de financiamento é necessário que você tenha realizado pesquisas para encontrar a empresa que atende a sua necessidade em todos os aspectos, principalmente na taxa de juros e na quantidade de parcelas a serem pagas.

Vale a pena financiar a moto?

Antes de mencionarmos se vale a pena ou não financiar moto é necessário que saiba como funciona o financiamento de uma moto.

O financiamento pode ser operado através de um banco ou uma financiadora de veículos. Ao solicitar o serviço a instituição analisará o seu perfil e como está sua situação financeira nos órgãos de proteção ao crédito, Serasa e SPC. Caso a situação esteja regular está na hora de passar para próxima etapa.

Conseguindo passar na primeira etapa está na hora de solicitar o valor que você precisa para financiar a moto nova ou usada. A instituição ou banco passará imediatamente o valor para sua conta para que possa pagar o veículo à vista. Mas atenção!  Fique atento a quantidade de parcelas a serem pagas. Quanto maior o número de parcelas, maior será a taxa de juros.

É recomendado que dê um valor de entrada para diminuir a taxa de juros e facilitar no pagamento das parcelas. Em outras palavras, o financiamento de moto vale a pena para quem precisa do veículo de forma imediata para realizar alguns trabalhos ou viagens. Caso o desejo pelo veículo não seja de imediato, recomendamos que estude mais opções de financiamentos.