Motos esportivas mais vendidas no momento

Os fãs de esportes com duas rodas sabem que as características das bicicletas são um dos pontos mais importantes nas competições. Cada esporte requer um modelo específico. Portanto, a bicicleta é adequada para se adaptar ao terreno do evento. O motor deve ter o poder de atingir uma determinada velocidade para que o piloto possa vencer o desafio.

 Esses fatos fazem com que cada esporte tenha um tipo específico de motocicleta, pois além de melhorar o desempenho esportivo, também pode garantir o conforto e a segurança do motociclista.

Existem muitos entusiastas de motocicletas no Brasil, portanto as vendas deste tipo de motocicleta estão aumentando ano a ano. Considerando esses detalhes, resumimos as motos esportivas mais vendidas.

5. Honda CBR 650F

O modelo tem uma aparência moderna, com cores vivas e certos gráficos que transmitem robustez e força. Ele tem um novo dispositivo de escape que pode dar o máximo desempenho ao desempenho do veículo em movimento. O freio ABS pode fornecer ao motorista a segurança da frenagem repentina. Somente em 2019, foram vendidas 463 bicicletas desse tipo.

4. Suzuki GSX-S 1000

O modelo é muito adequado para pistas urbanas. Sua aparência é moderna e atraente. Consome muito pouco combustível e é um dos modelos mais leves da sua classe. O motor desta bicicleta tem 1000 cc. Além disso, fornece segurança ao piloto ao acelerar. Em 2019, 471 motocicletas deste modelo foram vendidas.

3. BMW S 1000

Este modelo possui um injetor eletrônico e tanque de combustível com capacidade total de 17,5 litros de combustível. Esta moto possui um acionador de partida elétrico, refrigeração líquida, um sistema de entrada de ar com entrada de ar natural e uma transmissão manual sequencial de 6 velocidades. No ano passado, foram vendidos 576 BMW S 1000s.

2. Kawasaki Ninja 400

Esta motocicleta tem uma capacidade total de tanque de 14 litros de combustível e uma capacidade total de combustível de 2,3 litros. Além disso, também possui injeção eletrônica, partida elétrica e embreagem de várias placas imersa em óleo. Somente no ano passado, foram vendidas 672 bicicletas desse tipo.

1. Yamaha YZF R3

A capacidade máxima de combustível da motocicleta é de 14 litros, dos quais 2,4 litros correspondem à capacidade de óleo do motor e 3 litros é a reserva de combustível. Possui acionador de partida elétrico, injeção de elétrons, bateria selada de 12V 6Ah e acionamento por corrente final. Em 2019, 1.008 motocicletas deste modelo foram vendidas.