Financiamento de moto sem entrada, veja como fazer

--*--

Precisa financiar motocicletas e tem dúvidas? Agora, quais documentos necessários para financiar?

Confira os principais documentos para realizar o financiamento da sua moto sem entrada no banco ou demais instituições que ofereçam o serviço de financiamento.

Lista de documentos de financiamento de motocicletas:

  • Cópia do seu RG (carteira de identidade);
  • Cópia da sua caixa de previdência;
  • Licença de trabalho – lembre-se que você precisa de um contrato formal de pelo menos três meses;
  • Comprovante de endereço.

Lembra que apenas pessoas com mais de dezoito anos podem financiar motocicletas. Por exemplo: Se você tem 18 anos hoje, já pode comprar Honda hoje!

Quais são os documentos comprovativos de residência?

  • Contas de água, luz ou telefone (celular ou fixo);
  • Contrato de arrendamento com cartório;
  • Salários emitidos por órgãos públicos;
  • Declaração enviada pelo INSS ou SRF;
  • Recibos de cobrança de plano de saneamento, apartamento, finanças ou mensalidades escolares;
  • Fatura do cartão de crédito;
  • Extrato do FGTS enviado pela Caixa Econômica Federal;
  • Coleção IPTU ou IPVA
  • Registro de licença de veículo;

Com este documento, posso financiar motocicletas?

Sim, você pode. É basicamente isso. Claro, Honda (ou outro banco ou empresa financeira) irá analisar seu nome para ver se você é estar negativado (“nome sujo”) e verificar sua receita. Em geral, o parcelamento deve ser de 30% do total do seu salário, então se você tem R$ 1.200,00 na carteira pode comprar uma motocicleta, e o parcelamento mensal não ultrapassa R$ 400,00 apenas. Você pode comprar CG Titan com 36 vezes o capital.

Eu quero andar de moto sem fazer o check-in, tem jeito?

Em certas épocas do ano, devido à inflação, desaceleração econômica, etc., os franqueados têm mercados ao ar livre de entrada zero, o que é fácil de fazer. Mas, de modo geral, o financiamento para motocicletas exige uma taxa de entrada de 10%. Se você não tem dinheiro, por favor espere um pouco e guarde o dinheiro. Mas se você não quiser esperar, por exemplo, se você precisa de uma moto, a melhor opção é conseguir um empréstimo pessoal como adiantamento e depois você pode financiá-lo.

Outra opção que não exige entrada é o consórcio, mas é preciso contar com a sorte para começar.

Agora você tem mais informações para escolher seu modelo ideal e financiar sua nova moto!