Financiamento para motoristas de aplicativo Uber

--*--

Trabalhar como motorista via aplicativo é a solução encontrada por muitas pessoas que perderam os empregos. Muitos desses trabalhadores pretendem financiar um carro para realizar essa atividade. Neste artigo mostramos algumas dicas para te ajudar a se preparar para o financiamento do seu carro novo. Confira!

Vale a pena financiar um carro para trabalhar como Uber?

Quando o assunto é trabalhar de forma autônoma vale a pena usar o carro próprio, alugar um carro ou, até, usar o veículo que um parente emprestou. Mas isso requer também um planejamento. Se você não souber onde aplicar o dinheiro ganho, em algum momento vai perdê-lo. Nesse caso, nada melhor do que utilizar esse valor em um veículo próprio. 

Quais são os primeiros passos antes de financiar um carro para trabalhar?

  1. Se trata de uma ferramenta de trabalho

A primeira coisa que você tem que pensar é que está comprando um carro que vai servir de ferramenta de trabalho. Ele não vai ser só um patrimônio. Ele será aquela ferramenta que vai te ajudar a pagar as suas contas. 

  1. Cálculo de valores – seguro do carro

O seguro é muito importante, principalmente em casos de acidentes. Ele é a garantia de que o prejuízo do seu carro será, de alguma forma, resolvido. Se por acaso seu carro não tiver seguro você vai ficar impedido de trabalhar.

  1. Cálculo de valores – IPVA anual

Recomenda-se que você reserve todo mês um valor e o destine para o pagamento do seu IPVA. Isso faz com que não haja atrasos no pagamento desse imposto e não ocorra problemas que te impeçam de trabalhar.

  1. Cálculo de valores – manutenção

A manutenção compreende a troca de óleo, troca de filtro, troca de pneus e etc. Esses são os custos básicos do motorista.

O cálculo dos valores básicos servem para ter uma base de quanto será o valor total gasto anualmente pelo carro. Esses custos são importantes por que servem para manter a sua ferramenta de trabalho em perfeitas condições de uso.

  1. Prevenção monetária contra acidentes

Ainda no ritmo da poupança de dinheiro, é recomendado que você esteja prevenido em casos de acidentes. Mas, por que devo me preocupar com isso se já possuo o seguro? É sempre bom ter um dinheiro guardado para prevenir contratempos que causem problemas em sua ferramenta de trabalho. 

  1. Reserva de valores para eventuais multas

É sempre bom estar preparado para pagar aquela multa indesejável. Ela pode ser uma pedra nas contas mensais. Por esse motivo, sempre que puder, deixe um valor reservado para essas eventualidades.




Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações