Financiamento de moto sem entrada, confira as vantagens

--*--

Uma moto facilita muito a vida das pessoas. Atualmente muita gente está optando por esse veículo por conta da rapidez em chegar ao destino ou pela possibilidade de economizar combustível. O financiamento é uma das formas de compra de motos mais buscadas.

As regras do financiamento são consideradas um pouco complexas. Todavia, ao entendê-las dá pra perceber que seu funcionamento é simples. Existem três características fundamentais para que o financiamento seja compreendido.

·         Os juros

Essa característica varia de acordo com o banco, pois cada um tem sua taxa de juros que é aplicada ao serviço. Eles são responsáveis por modificar o valor final da moto, mas é possível torná-los mais baixos de acordo com a escolha do valor de entrada e da quantidade de parcelas.

·         O valor de entrada

Esse valor é um adiantamento do pagamento da moto. No geral, os bancos costumam cobrar 20% do valor total do veículo. Mas, há alguns que costumam cobrar 10% desse valor.

Nesse ponto entra a questão: É possível financiar uma moto sem pagar o valor de entrada? A resposta é sim! Muitos bancos, como o Banco do Brasil, por exemplo, permitem que o cliente escolha o financiamento de 100% da moto. No ato da simulação desse tipo de financiamento você vai poder verificar o valor dos juros e o valor final do veículo.

·         Quantidade de parcelas

Esse item depende diretamente do valor de entrada, pois é a partir daí que se parcela o valor restante financiado pelo banco. Cabe ressaltar que os juros são aplicados nas parcelas e é a quantidade que modifica o valor final do veículo. Por esse motivo é que a escolha do número de parcelas deve ter como base o valor que cabe em seu bolso de modo que você não tenha problemas com a quitação mensal delas.

O financiamento sem entrada possui alguma vantagem?

Assim como todos os serviços de concessão de crédito, o financiamento sem entrada possui suas vantagens e desvantagens. Uma vantagem desse serviço é não precisar desembolsar uma alta quantia em dinheiro para pagar antecipadamente o veículo.

Já em relação às desvantagens, a principal está ligada às taxas de juros. O valor final do veículo será um pouco maior se comparado ao financiamento convencional. Pois os juros serão aplicados em mais parcelas.

O que ajuda a diminuir os juros?

O nome limpo é a principal ferramenta. Embora algumas empresas não aceitem os pedidos feitos por pessoas com nome negativado, aquelas que permitem essa solicitação cobram juros altos se comparados no mercado financeiro.

Outro fator que auxilia muito é o score do SPC e Serasa. Esse número ajuda na liberação de crédito e na redução dos juros para medir seu nível de pagamento de contas. Nesse caso, quanto mais em dia forem seus pagamentos, mais alto será seu score.




Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações