O mercado do turismo rural

--*--

Os estudos de mercado servem para localizar e conhecer a demanda. Se a conhecemos, seremos capazes de desenhar ofertas que satisfaçam seus gosto e suas necessidades. O mercado são pessoas. O mercado entendido como conjunto de pessoas e o campo de trabalho do marketing, cuja afirmação adquire uma grande relevância dentro do marketing de serviços e dentro do turismo, de uma maneira fundamental.

Partindo do pressuposto de que o cliente do turismo rural é, ao mesmo tempo, produtor e consumidor, não considerar as pessoas como base fundamental das decisões de marketing seria o suicídio para qualquer empresa turística. Portanto, deve-se conhecer os consumidores atuais e potenciais do mercado, ou seja, a demanda atual e potencial.

Quem são, onde estão e quantos são na atualidade, quantos serão nos próximos anos, que perfil têm e a que classe social pertencem, seus hábitos de consumo, quem influencia na compra, como compram etc., são perguntas às quais se deve ter condições de responder.

Para estudar o mercado, existe um conjunto de atividades e técnicas que se englobam sob a denominação de estudo de mercado, investigação de mercado ou análise de mercado, termos usados indistintamente, mas que para os quais são requeridos profundos conhecimentos de estatística e psicologia. 

Mesmo com duas décadas de vendas do turismo rural como um produto, não há nenhum estudo de abrangência do mercado do turismo rural. O que existe são estudos superficiais de perfis de consumidores. Eis aí uma oportunidade para os órgãos oficiais de turismo prestarem uma grande contribuição para esse segmento.

Infelizmente, os ditos órgãos oficiais estão mais preocupados em formular conceitos e definições que em conhecer o mercado desses produtos. A investigação de mercados tem como finalidade estabelecer uma adequada segmentação que permita desenhar ofertas modelo, as quais satisfaçam às pessoas do segmento desejado.